Copa América é a mais antiga competição entre seleções do mundo

      07 JUL 2019
      07 de Julho de 2019

      A CONMEBOL Copa América é a mais antiga competição entre seleções de futebol do mundo. Foi disputada pela primeira vez em uma edição teste em 1910, mas teve a sua primeira edição oficial entre 2 e 17 de julho de 1916, como parte das comemorações do centenário da independência da Argentina. Além do país anfitrião, participaram também o Chile, o Uruguai e o Brasil.

      Desde sua primeira edição até 1967 o torneio era chamado de Campeonato Sul-Americano de Seleções. A primeira edição terminou com o título do Uruguai, depois de um empate em 0 a 0 com a Argentina no jogo decisivo, disputado no estádio do Racing Club de Avellaneda.

      A partir de 1975, em sua 30ª edição, o torneio passou a se chamar oficialmente CONMEBOL Copa América. Com a troca do nome houve também a mudança no sistema de disputa. O sistema por pontos corridos foi substituído por um formato parecido com o da Copa do Mundo da FIFA: fase classificatória, com as seleções distribuídas em grupos, seguida de fases eliminatórias.

      Seleções convidadas

      A partir de 1993, a Conmebol passou a convidar seleções de fora da América do Sul para participarem da Copa América. Os primeiros foram os Estados Unidos e o México. Em 2016, a Copa América do Centenário contou excepcionalmente com seis seleções convidadas: Costa Rica, Estados Unidos (anfitrião), Haiti, Jamaica, México e Panamá. 

      Ao longo de suas 45 edições, a Copa América teve apenas dois troféus. O mais antigo, chamado Copa América, foi feito entre 1916 e 1917 em Buenos Aires pela joalheria e relojoaria Casa Escasany, sob encomenda do Ministério das Relações Exteriores da Argentina para ser doado à Conmebol.

      A Copa América é feita de prata e tem posse transitória. Ou seja, não existe condição para que fique em definitivo com uma seleção campeã. Sua base de madeira com as placas dos países campeões foi adicionada em 1979, na edição vencida pelo Paraguai.

      O segundo troféu foi produzido especificamente para a Copa América Centenário, em 2016. Projetada pela Epico Studios, a taça foi fabricada pela inglesa Thomas Lyte em metal, com acabamento interno de prata e banhado a ouro em sua parte externa. A posse definitiva ficou com o campeão Chile

      Curiosidades

      Países participantes até 2019: 18 países

      CONMEBOL (10) - Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

      Concacaf (7) - Costa Rica (1997, 2001, 2004, 2011 e 2016), Estados Unidos (1993, 1995, 2007 e 2016), Haiti (2016), Honduras (2001), Jamaica (2015 e 2016), México (1993, 1995, 1997, 1999, 2001, 2004, 2007, 2011, 2015 e 2016) e Panamá (2016).

      AFC (1) – Japão (1999)

      Em 2019, a novidade é participação pela primeira vez do Catar (AFC), totalizando 19 países.

      • Maior goleada: Argentina 12 x 0 Equador: (Uruguai, 1942) 
      • Maior quantidade de gols em todas as edições: Argentina com 455 gols
      • Maior quantidade de gols em uma única edição: Brasil 46 gols (Brasil,1949)
      • Maiores artilheiros: Norberto Méndez (Argentina, em 3 edições) e Zizinho (Brasil, em 6 edições) – 17 gols
      • Maiores artilheiros em uma única edição: Jair da Rosa Pinto (Brasil,1949), Humberto Maschio (Argentina, 1975) e Javier Ambrois (Uruguai,1975) – 9 gols
      • Primeiro campeão: Uruguai (Argentina, 1916)
      • País com maior número de títulos: Uruguai com 15 títulos

      Uruguai é o maior campeão da Copa com 15 conquistas

      O mais antigo troféu, chamado Copa América, foi feito entre 1916 e 1917 em Buenos Aires pela joalheria e relojoaria Casa Escasany

      Brasil x Peru

      A final da Copa América 2019

      Voltar


      Fale Conosco:
      ismaradona@hotmail.com  

      WhatsApp: 87 98841 7572