Sem sustos, Sport faz 3 a 1 no Náutico

      27 JAN 2019
      27 de Janeiro de 2019

      No primeiro Clássico dos Clássicos de 2019, o Sport se impôs jogando na Ilha do Retiro e, sem sustos, venceu o Náutico pelo placar de 3 a 1, em jogo da terceira rodada do Campeonato Pernambucano, neste domingo, 16h.

      Os gols leoninos foram marcados pelos atacantes Hernane Brocador e Ezequiel, no primeiro tempo, além do zagueiro Adryelson no começo do segundo tempo, enquanto o atacante Robinho, já nos acréscimos finais, fez o gol de honra do Timbu.

      O início do primeiro tempo foi tudo que o Sport queria jogando diante da sua torcida. Isso porque, aos cinco minutos, num passe de Ezequiel para Hernanes Brocador, o camisa 9 do Sport deu o drible da vaca em Camutanga e, na saída do goleiro Bruno, de cavalinha, fez 1 a 0.

      O Náutico tentou o empate, aos 20? e 26?, com Luiz Henrique e Matheus Carvalho, respectivamente, mas sem perigo para Magrão. Com a vantagem, o Leão se posicionou mais atrás e, aos 32?, num contra-ataque rápido, Guilherme fez um passe em profundidade para Ezequiel. O atacante ganhou de André Krobel na velocidade, entrou na área e bateu no alto vencendo o Bruno e fazendo 2 a 0, placar do primeiro tempo.

      Os dois times voltaram com mudanças: Raul Prata (Norberto, desconforto muscular), pelo Sport, e Robinho substituiu Matheus Carvalho. E foi juntamente Robinho quem quase marca, aos 4?, num cruzamento de Assis.

      A vantagem de 2 a 0 deu ao Leão a possibilidade de optar pelos contra-ataques. Com isso, o Náutico passou a ter mais posse de bola e sair mais pro jogo. Aos 8?, porém, Suélinto saiu errado, Leandrinho roubou a bola e tocou para Hernane Brocador bater e Josa interceptar e evitar o terceiro gol.

      Mas, aos 11?, o Sport ampliou: num cruzamento de Raul Prata, o zagueiro Adryelson subiu e cabeceou sem dar chance goleiro Bruno: 3 a 0. A partir daí, o Náutico – mesmo jogando no campo leonino – não conseguiu criar e passou a rifar muita bola e “chuveirar” na área leonina, mas sem qualquer eficiência.

      O único lance do segundo tempo em que não “chuveirou” na área foi aos 45?, com Wallace Pernambucano arrancado para gol, passando por Magrão e tocando para o gol, mas o zagueiro Chico salvou quase em cima da linha de gol. Nos acréscimos, Robinho aproveitou sobra de um lance de falta no alto de Wallace Pernambucano em Magrão e, com leve toque nas costas do camisa 1 do Leão, só fez empurrar a bola para as redes, aos 47?: 3 a 1, mas já era tarde e a vitória leonina estava sacramentada.

      Detalhes do Jogo:

      Sport: Magrão; Norberto (Raul Prata), Chico, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles, Ezequiel (João Igor), Leandrinho e Guilherme (Alisson Farias); Hernane Brocador. Técnico: Milton Cruz.

      Náutico: Bruno; Krobel (Thiago), Sueliton, Camutanga e Assis; Josa, Luiz Henrique e Jorge Henrique; Fábio Matos (Hereda), Matheus Carvalho (Robinho); Wallace Pernambuco. Técnico: Márcio Goiano

      Local: Ilha do Retiro.

      Árbitro: Deborah Cecília. Assistentes: Clóvis Amaral e Marcelino Castro.

      Gols: Hernane Brocador (5? 1ºT) e Ezequiel (32? 1ºT). Adryelson (11? 2ºT). Robinho (47? 2ºT).

      Cartões amarelos: Sander, Charles e Ronaldo (SPO). Camutanga, Thiago e Matheus Carvalho (NÁU).

       

      Público: 8.332. Renda: R$ 164.815.

      Sport assume liderança

      Adryelson comemora o 3º gol do Sport

      Voltar

      www.ismaradona.com.br

      Fale Conosco

      WhatsApp (87) 98156 5264

      ismaradona@hotmail.com