Os 10 melhores clubes de 2018, segundo o ranking da Conmebol

      26 DEZ 2018
      26 de Dezembro de 2018

      Quem são os dez melhores times da América do Sul em 2018? A Conmebol tem o seu top-10 definido, a partir de um ranking complexo elaborado pela própria entidade. Pontuando a performance dos clubes sul-americanos nas edições de Libertadores da última década, mas também levando em conta o coeficiente histórico geral e os títulos nacionais de cada equipe entre 2007 e 2018, a entidade chegou à seguinte classificação, que promete dar o que falar:

      10. San Lorenzo (Argentina)

      3497 pontos totais, sendo 15 deles através das competições locais, 390 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 3092 nas últimas dez edições de competição continental.

      9. Olimpia (Paraguai)

      3506 pontos totais, sendo 30 deles através das competições locais, 1904 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 1572 nas últimas dez edições de competição continental.

      8. São Paulo (Brasil)

      3687 pontos totais, sendo 5 deles através das competições locais, 1298 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 2384 nas últimas dez edições de competição continental.

      7. Atlético Mineiro (Brasil)

      3930 pontos totais, nenhum através das competições locais, 162 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 3768 nas últimas dez edições de competição continental.

      6. Peñarol (Uruguai)

      4469 pontos totais, sendo 107,5 deles através das competições locais, 2662 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 1699 nas últimas dez edições de competição continental.

      5. Nacional (Uruguai)

      4622 pontos totais, sendo 107,5 deles através das competições locais, 2158 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 2356 nas últimas dez edições de competição continental.

      4. Atlético Nacional (Colômbia)

      4815 pontos totais, sendo 102,5 deles através das competições locais, 730 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 3982 nas últimas dez edições de competição continental.

      3. Grêmio (Brasil)

      5312 pontos totais, nenhum deles através das competições locais, 1000 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 4312 nas últimas dez edições de competição continental.

      2. Boca Juniors (Argentina)

      5732 pontos totais, sendo 77,5 deles através das competições locais, 2146 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 3508 nas últimas dez edições de competição continental.

      1. River Plate (Argentina)

      6030 pontos totais, sendo 20 deles através das competições locais, 2110 relativos ao coeficiente histórico (desempenho do clube na Libertadores até 2007) e 3900 nas últimas dez edições de competição continental.    

      Por Nathália Almeida

      Voltar

      www.ismaradona.com.br

      Fale Conosco

      WhatsApp (87) 98156 5264

      ismaradona@hotmail.com