Dez brasileiros irão defender outras seleções na Copa do Mundo

      06 JUN 2018
      06 de Junho de 2018

      A Copa do Mundo irá começar na quinta-feira, dia 14 de junho, com a partida entre Rússia e Arábia Saudita e Mario Fernandes será o primeiro brasileiro a entrar em campo, defendendo os anfitriões. Além do lateral-direito, outros nove naturalizados ou descendentes do Brasil irão disputar o Mundial. A equipe que conta com mais atletas brasileiros é a Espanha, com três jogadores. Portugal, México, Costa Rica e Polônia também tem seus representantes do único país pentacampeão.


      DIEGO COSTA – ESPANHA

      Mesmo tendo defendido a Seleção Brasileira em dois amistosos, o atacante optou por defender a Espanha a partir 2014. O jogador de 29 anos já atuou por diversas equipes espanholas, mas se destacou no Atlético de Madrid, clube que atualmente defende. Ele também foi centroavante do Chelsea, conquistando dois títulos do Campeonato Inglês, sendo um dos destaques em 2016/17. Nesta temporada, Diego Costa marcou sete gols e deu seis assistências em 23 jogos e foi campeão da Liga Europa.

      THIAGO ALCÂNTARA – ESPANHA

      Nascido na Itália, Thiago Alcântara é filho de Mazinho e desde jovem defendeu as seleções de base da Espanha, inclusive vencendo duas Eurocopas sub-21 e uma sub-18. O meio-campista é formado nas canteras do Barcelona, clube em que atuou até 2013, quando se transferiu para o Bayern de Munique. O jogador de 27 anos tem em seu currículo cinco títulos do Campeonato Alemão, dois do Campeonato Espanhol e uma Liga dos Campeões. Em 2017/18, ele marcou sete gols e deu quatro assistências em 32 jogos.

      RODRIGO – ESPANHA

      Com passagens nas categorias de base do Real Madrid e do Flamengo, Rodrigo ganhou espaço na equipe Julen Lopetegui na reta final da preparação para a Copa do Mundo. O atacante do Valencia venceu a Eurocopa sub-21 em 2013 com a Espanha e também já defendeu o Benfica. O jogador de 27 anos marcou 19 gols e deu sete assistências em 44 jogos nesta temporada, ajudando a equipe do Mestalla conseguir vaga na Liga dos Campeões.

      PEPE – PORTUGAL

      Pepe sempre jogou profissionalmente no futebol português, primeiro pelo Marítimo e depois pelo Porto. O zagueiro começou a defender a seleção portuguesa em 2007 e fez parte do grupo que conquistou a Eurocopa em 2016. O jogador de 35 anos – que defendeu o Besiktas em 2017/18 – se destacou no Real Madrid, vencendo três vezes a Liga dos Campeões e três vezes o Campeonato Espanhol com os merengues

      BRUNO ALVES – PORTUGAL

      Filho do ex-jogador Washington Alves e nascido em Portugal, Bruno Alves tem cidadania brasileira, entretanto sempre atuou no futebol lusitano e defendeu as categorias de base da seleção portuguesa. O zagueiro de 36 anos defendeu ao longo de sua carreira Porto, Zenit, Fenerbahçe, Cagliari, entre outros times. Ele defendeu o Rangers em 2017/18 e fez 25 partidas na última temporada. Bruno Alves participou da conquista da Eurocopa em 2016.

      MARIO FERNANDES – RÚSSIA

      Formado no São Caetano e no Grêmio, Mario Fernandes é conhecido como o homem que rejeitou a Seleção Brasileira, alegando que não estava preparado para o desafio em 2011, quando Mano Menezes comandava o time verde e amarelo. Jogando no CSKA Moscou desde 2012, o lateral-direito conseguiu a cidadania russa em 2016 e desde então defende a seleção anfitriã da Copa do Mundo de 2018. Ele deu cinco assistências em 37 jogos na temporada 2017/18.

      THIAGO CIONEK – POLÔNIA

      Thiago Cionek atua pela seleção polonesa desde 2014 e disputou a Eurocopa de 2016 pela equipe do Leste Europeu. O zagueiro de 32 anos teve passagens pelo Cuiabá e CRB no Brasil e defendeu o Palermo e o Spal na última temporada. Cionek conseguiu a cidadania polonesa em 2011, quando defendia o Jagiellonia Bialystok. Ele disputou 33 jogos e marcou dois gols em 2017/18.

      CELSO BORGES – COSTA RICA

      Celso Borges é filho do brasileiro naturalizado costa-riquenho Alexandre Guimarães, que foi para as Copas de 1990 (como jogador), 2002 e 2006 (como treinador). O meio-campista nasceu no país da América Central e participou da histórica campanha da Costa Rica na Copa do Mundo de 2014. O jogador de 29 anos defende o Deportivo La Coruña e disputou 32 jogos, marcando três gols e dando três assistências, na última temporada.

      GIOVANI DOS SANTOS – MÉXICO

      Campeão olímpico em 2012 sobre o Brasil, Giovani dos Santos é descendente de brasileiros e fez toda a sua base no Barcelona. O meio-campista, que atualmente defende o Los Angeles Galaxy, teve passagens por Tottenham, Galatasaray, Villarreal, entre outras equipes. O jogador de 29 anos sempre atuou nas categorias de base do México e já conquistou duas Copas Ouro.

      JONATHAN DOS SANTOS – MÉXICO

      Irmão de Giovani, Jonathan dos Santos também foi formado nas categorias de base do Barcelona. O meia também defendeu o Villarreal e o Los Angeles Galaxy, clube que ele pertence atualmente. Em seu currículo, o atleta de 28 anos tem três títulos do Campeonato Espanhol e um da Liga dos Campeões.

      Voltar

      www.ismaradona.com.br

      Fale Conosco

      WhatsApp (87) 98156 5264

      ismaradona@hotmail.com